Publicado por: Nuno Pereira de Sousa | 19 Abril, 2009

uma curta volta ao mundo

História da Vida de uma Cantora

História da Vida de uma Cantora

A minha aventura musical de ontem limitou-se à reaudição do álbum Cycles de Frank Sinatra, o seu primeiro álbum orientado num sentido pop-rock, com uma fusão do jazz vocal ao pop tradicional e pop AM, incluindo algum pop-folk anteriormente interpretado por Joni Mitchell e Glen Campbell. Os temas escolhidos não foram os mais indicados para o tom vocal de Sinatra, os arranjos de Don Costa não impressionam e não existe nenhuma canção neste álbum digna de um best of. Não quero que se fique com a impressão de que é um mau álbum, mas, sem dúvida alguma, é um dos piores de Sinatra.

Quem acompanha este blog desde a altura do seu lançamento, pode ter verificado que as séries televisivas nunca foram aqui abordadas. Apesar de ser algo que me agrade bastante, já há algum tempo que a minha vida não permite a fidelização a que tal obriga, uma vez que implica a disponibilidade de uma presença periódica e regular em frente ao televisor. Já há alguns anos que a solução encontrada foi a aquisição em DVD das séries que desejava (re)ver e, nesse campo, em muitos casos não esperei pela edição nacional da mesma e adquiri a britânica. Tal foi o caso de Ficheiros Secretos (The X Files) que estou a rever em conjunto com a minha esposa. No entanto, tem sido complicado conciliarmos o tempo e disposição para o fazer, pelo que ontem vimos mais 2 episódios da 1ª temporada, os quais foram os primeiros 2 que visualizámos em 2009! Foram os 16º e 17º episódios, respectivamente intitulados E.B.E. e Miracle Man. O 16º, realizado por William A. Graham, é um episódio importante para a série por várias razões, sendo alguns acontecimentos revisitados na 4ª temporada. Além da presença de Deep Throat, é um episódio onde aparece pela primeira vez o trio The Lone Gunmen, personagens que se revelariam tão populares que voltariam dezenas de vezes a aparecer nos Ficheiros Secretos, fazer aparições noutras séries e ter direito à sua própria série televisiva, a qual durou apenas 13 episódios devido à fraca audiência e viu a resolução do último episódio ser resolvida num episódio de Ficheiros Secretos. Miracle Man foi realizado por Michael Lange, sendo co-escrito pelo próprio criador da série, Chris Carter. É um bom episódio sobre milagreiros religiosos, oferecendo ainda uma ligação com o enredo principal da série, abordando a questão da irmã desaparecida de Mulder.

A nível de cinema, ontem vi A Lua em Directo (The Dish) do australiano Rob Sitch, uma divertida comédia baseada em acontecimentos reais, mais propriamente do envolvimento do Observatório Parkes, situado no meio de uma pequena comunidada australiana, na captação das imagens televisivas da missão da Apollo 11, com o primeiro homem a pisar a Lua. O filme tem um equilíbrio perfeito entre a comédia e o drama, mantendo sempre a atenção do espectador. Um bom momento de cinema!

E da Austrália, dei um pulo até às comunidades de ascendência mexicana nos EUA, mais propriamente em East Los Angeles, onde a população hispânica corresponde a cerca de 97%, com o filme Mulheres a Sério (Real Women Have Curves) de Patricia Cardoso, baseado na peça de teatro da proeminente Josefina Lopez. Esse ponto foi o que mais me interessou no filme, em vez da auto-aceitação do corpo da protagonista obesa ou o início da sua vida adulta. Provavelmente, a maioria dos espectadores deste filme serão do sexo feminino… America Ferrera tornou-se conhecida com este filme, sendo hoje mundialmente conhecida pelo papel na série televisiva Betty Feia.

E de East Los Angeles, dirigi-me a Durham, em Inglaterra, com o filme Billy Elliot de Stephen Daldry, passado durante a Greve dos Mineiros do Reino Unido nos anos 80, onde um rapaz de 11 anos, cujo pai e irmão são mineiros, deseja ser um dançarino de ballett. Ainda não tinha visto esta comédia dramática e em boa hora o fiz, tendo ficado admirado por esta ser a primeira experiência de Daldry nos longa-metragens, apesar de ter no seu currículo a direcção de inúmeras peças de teatro em West End e na Broadway. Inclusivamente, em 2005, surgiu pela sua mão a adaptação deste filme a um musical. Apesar de despretensioso, é um dos melhores filmes ingleses desta década.

De Inglaterra, voei até Ruanda, para conhecer a história de Paul Rusesabagina, o gerente de hotel que salvou cerca de 800 pessoas no Genocídio de Ruanda nos anos 90, no qual centenas de milhar de tutsis e hutus politicamente moderados foram assinados por hutus sob a ideologia do Poder Hutu. Hotel Ruanda (Rwanda Hotel) foi realizado por Terry George, contando com boas interpretações e obrigando a que este trágico acontecimento não caia no esquecimento.

A Mulher do Aviador (La Femme de l’Aviateur ou “On Ne Saurait Penser à Rien” ) de Éric Rohmer passa-se em Paris, nos anos 80. Trata-se do seu primeiro filme da série Comédias e Provérbios, sendo este o é impossível não pensar em nada… Apesar de uma ou outra escolha na realização que não me agradaram, é curioso verificar como o ritmo do filme é maior do que em seus filmes da década anterior, apesar do próprio protagonista adormecer mais do que uma vez ao longo do filme 🙂 A ver…

Por fim, regressei à Austrália, se bem que com um aroma chinês. História da Vida de Uma Cantora (The Home Song Stories) do australiano nascido em Macau Tony Ayres, baseia-se parcialmente em acontecimentos vividos por este realizador e escritor, bem como pela sua família chinesa. A cantora de clubes nocturnos em causa era a sua mãe, que casaria posteriormente com um australiano. Além da família disfuncional, o filme retrata também o choque cultural e aborda a imigração ilegal. Fechei, assim, a sessão de cinema com chave de ouro.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: