Publicado por: Nuno Pereira de Sousa | 28 Maio, 2009

sinatras

Antônio Carlos Jobim & Sinatra

Antônio Carlos Jobim & Sinatra

Há que confessá-lo. Ontem o dia não me correu nada bem. Um desses momentos pareceu-me hilário. Consegui ter a proeza de enfiar um CD para dentro do computador ao, sem olhar, tentá-lo colocar na ranhura do leitor de CD. Misteriosamente, entrou por uma quase inexistente ranhura na porção superior do leitor e lá tive que abrir a caixa e andar à sua procura, tendo-o encontrado. Inacreditável. Mas o momento pior foi a perda de telemóvel, pois fiquei deste modo sem uns vídeos que tinha feito dos filhos há uns anos atrás 😦 Perdi também os contactos telefónicos, pois não tinha realizado nennhum backup… Enfim…

De modo a adiantar o monte de CD que se acumulou nestes dias, vou hoje abordar os álbuns reouvidos de Frank Sinatra. Strangers in the Night é de 1966. Apesar da canção que dá título ao álbum não ser das minhas favoritas, o CD contém um reportório que varia entre a big band e o pop instrumental, com êxitos da pop, canções de espectáculos e standards. Estão assim aqui eunidos temas como Downtown, On a Clear Day (You Can See Forever), Call Me, The Most Beautiful Girl in the World, Summer Wind e My Baby Just Cares for Me, entre outros.

September of my Years mostra-nos um Sinatra aos 50 anos, mais melancólico e contemplativo que nos álbuns anteriores. Pelo contrário, Sinatra at the Sands é um CD gravado ao vivo, com 22 temas, com o cantor a realizar entretenimento e frequentemente a brincar com o público. A acompanhá-lo está Count Basie e a sua orquestra, imprimindo um toque dinâmico de swing a este registo.

A Man Alone foi totalmente dedicado a composições (leia-se letra e música) de Rod McKuen, onde nem todas as faixas são canções, com Sinatra a recitar poesia nalgumas delas. Pode parecer interessante… mas não é.

Seguiu-se Sings ‘Days of Wine and Roses’, ‘Moon River’ and Other Academy Award Winners  é um daqueles títulos bizarros… Na verdade, Sinatra gravou 11 standards vencedores de óscares, como Continental e as outras duans canções do título. Atente-se nas interpretações de The Way You Look Tonight, Three Coins in the Fountain e All the Way.

Com originais de Antônio Carlos Jobim e 3 clássicos norte-americanos rearranjados em estilo de bossa nova, Francis Albert Sinatra & Antônio Carlos Jobim é um dos meus favoritos álbuns de Sinatra, em grande parte devido ao reportório, mas também como Sinatra teve de adaptar o seu estilo vocal à bossa nova. Obrigatório 🙂

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: